sexta-feira 26th abril 2019
26-abr-2019

Fechada licitação, obras na Rua Bahia começam em 60 dias, diz secretário

Equipe Engenharia venceu o certame com orçamento 10,6% menor do que o previsto. Depois do aval da Caixa Econômica, projeto começa com melhorias de drenagem.

A Prefeitura publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (15), o resultado da licitação para obras de recapeamento e implantação do corredor do transporte coletivo na Rua Bahia, entre as avenidas Afonso Pena e Coronel Antonino. A Equipe Engenharia venceu o certame e as obras, afirmou o secretário da Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos) Rudi Fioresi, começam em 60 dias.

O projeto inclui 1,2 km de microdrenagem e recapeamento de 1,75 km, com uma faixa exclusiva para os ônibus. Este será o primeiro trecho do Corredor Norte, que, ao todo, tem extensão de 22 quilômetros, incluindo as avenidas Coronel Antonino, Cônsul Assaf Trad e Mato Grosso e as ruas Alegre e 25 de Dezembro. As vias receberão obras de drenagem e recapeamento. Os corredores de ônibus têm recurso do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento).

O projeto era orçado em R$ 4,9 milhões, mas a empresa resultou vencedora com valor 10,6% menor do que o previsto, orçado em de R$ 4.392.305. Agora, Prefeitura e Equipe elaboram o contrato que segue para análise da Caixa Econômica Federal.

Rudi explicou que a obra inicia com melhorias de drenagem e, em seguida, revitalização do pavimento. Todo o projeto para a Rua Bahia ainda prevê implantação de cinco estações de pré-embarque, com semáforos “inteligentes”. Estes devem ter licitação própria e a promessa da Prefeitura é que vão reduzir em 20% o tempo de viagem entre o centro da cidade e os terminais General Osório e Nova Bahia.

Licitação – De 6 empresas interessadas a princípio no processo de licitação, apenas 2 apresentaram proposta. Além da Equipe, a Construtora Alvorada propôs realizar o projeto por de R$ 4.489.152,61. A Engepar, empresa que faz as obras do Reviva Centro, havia demonstrado interesse, mas desistiu de participar.

Todo o projeto para esta área que inclui infraestrutura, sinalização e a estações de pré-embarque, demanda investimento de R$ 4.814.687.61, segundo a Prefeitura. Desse total, R$ 3,522.088,36 são recursos de um financiamento do PAC Mobilidade Urbana e R$ 1.262.599,25, contrapartida do Governo do Estado.

Concluído, corredor norte se estenderá até o Terminal Nova Bahia. No trecho, passa pelo Terminal General Osório e estabelece uma ligação com os outros terminais do transporte coletivo da cidade.

(Fonte: Campo Grande News)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Com 11 pontos controversos em licitação, juíza suspende contrato da Prefeitura de Araguaína com empresa para obra milionária na Via Lago

(mais…)