sábado 17th novembro 2018
17-nov-2018

Infraero decide licitar estacionamento de veículos de Congonhas


Prazo do contrato é de 20 anos; lance mínimo do leilão foi fixado em R$ 1,4 milhão por mês

A menos de três meses para o fim do governo, a Infraero publicou nesta quinta-feira o edital de licitação do edifício-garagem do aeroporto de Congonhas, considerado joia da coroa do setor aeroportuário. O lance mínimo do leilão foi fixado em R$ 1,4 milhão por mês. Quem vencer a disputa terá que desembolsar à vista R$ 100 milhões. O prazo do contrato é de 20 anos.

Congonhas é o aeroporto mais movimentado da rede da Infraero e o segundo mais frequentado do país. O terminal registrou em 2017 uma movimentação de 21,8 milhões de passageiros, média diária de 60 mil usuários. O aeroporto chegou a ser incluído na lista de privatizações do governo, mas foi retirado devido as pressões políticas.

Segundo técnicos governo, a decisão da Infraero pode reduzir o valor de Congonhas, em uma futura privatização. Nas concessões, destacou a fonte, todas as áreas do aeroporto são tratadas como projetos complementares.

O edifício-garagem de Congonhas conta com 2.550 vagas, distribuídas em cinco pavimentos. Atualmente, o faturamento do estacionamento é de R$ 3,6 milhões por mês, segundo a Infraero. O prédio é administrado por uma empresa privada e o contrato termina em 31 de janeiro de 2019. Segundo a assessoria de imprensa da estatal, a licitação tem o objetivo de assegurar a continuidade do serviço.

Além da atividade de estacionamento em si, a empresa vencedora do certame poderá prestar serviços como lavagem de veículos a seco, micro pintura, borracharia, manobrista, dentre outros. Poderá também explorar a área com promoções temporárias, como feirões e exposição de veículos.

Além disso, o vencedor a explorar, por meios próprios ou por contrato de subconcessão com terceiros, atividades de cunho comercial, como lanchonetes, restaurantes, cafés, escritórios, que ficam na praça Comandante Linneu Gomes, onde está localizado o edifício-garagem. O prédio fica de frente ao terminal de Congonhas e faz parte parte do sítio aeroportuário.

(Fonte: O Globo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>