sábado 25th maio 2019
25-mai-2019

Mendes e Gallo são investigados por contratar reforma sem licitação


Caso aconteceu quando ambos estavam à frente da Prefeitura de Cuiabá; MPE quer saber

O governador de Mato Grosso Mauro Mendes (DEM) e o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, são investigados pelo Ministério Público do Estado (MPE) em razão de uma contratação feita quando ainda eram prefeito e que era procurador-geral de Cuiabá.

Conforme a portaria de instauração de inquérito civil, datada de terça-feira (19), Mendes e Gallo teriam contratado a empresa Studio Comércio Atacadista de Produtos de Informática Ltda, em 2016 (último ano de Mendes como prefeito) por um valor de quase R$ 381,5 mil.

A empresa contratada deveria reformar a sede da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). No entanto, o contrato teria sido feito sem licitação prévia ou qualquer comunicado de dispensa de licitação.

Durante o levantamento inicial, a Coordenação de Contratos da SMS observou que a reforma contratada teria sido feita, mas que não encontrou o contrato de serviço. Mesmo sem o documento, porém, o pagamento teria sido feito por meio de um Termo, assinado pelo prefeito Mauro Mendes, com parecer favorável de Gallo.

Agora, o Ministério Público quer que os envolvidos expliquem o que aconteceu na época. Além dos políticos, outros servidores da prefeitura também são investigados.

Outro lado
O LIVRE procurou a assessoria de imprensa do governador para um posicionamento sobre o assunto. No entanto, foi informado de que nem Mauro nem Gallo irão se manifestar sobre o caso.

(Fonte: O Livre)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>