sábado 23rd março 2019
23-mar-2019

Universidade brasileira abre licitação para contratar empresa de Blockchain

A Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (PCPC) abriu licitação para contratar empresa especializada em Blockchain. O aviso de pregão eletrônico foi publicado na quarta-feira (20) no Diário Oficial da União. A modalidade não apresenta o valor do contrato.

Segundo informações do edital, a fundação de apoio da Universidade Federal do Ceará (UFC) está em busca de uma empresa especializada na prestação de serviços de consultoria em Segurança da Informação.

A companhia contratada deverá fornecer “transferência de tecnologia, com ênfase em implementações de domínio público, para lidar com os aspectos de segurança no âmbito do desenvolvimento de soluções envolvendo Internet das Coisas (IoT, Internet of Things), Blockchain e Computação em Nuvem”.

A sessão pública do leilão será aberta na internet no dia 07 de março, às 10h. Para julgamento das propostas será adotado o critério de menor preço.

O certame será realizado por meio do sistema do Banco do Brasil, sob o número 756232, no endereço eletrônico www.licitacoes-e.com.br.

Os participantes terão de comprovar regularidade fiscal e trabalhista. O leilão, que deverá durar 30 minutos, oferecerá tratamento diferenciado para as microempresas, as de pequeno porte, bem como as cooperativas.

Os recursos orçamentários para a contratação dessa empresa correrão à conta do acordo de parceria firmado entre a empresa Bematech, que é provedora de soluções completas de automação; o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE); e a própria Fundação licitante.

Esse acordo se deu para a integração de dispositivos e sensores à plataforma de serviços de hardware Bematech (IoT), o qual iniciou em março de 2018.

Blockchain e as instituições
Cada vez mais aumenta o interesse das instituições públicas na Blockchain. Em julho de 2018, o Tribunal de Contas da União concluiu que a tecnologia pode exercer melhor fiscalização do dinheiro usado em projetos audiovisuais da Agência Nacional do Cinema (Ancine).

O Governo Federal chegou até a contratar serviço educacional da Blockchain Academy para melhor preparar os servidores da Dataprev com o curso “criptomoedas, blockchain e infraestruturas similares para negócios e para desenvolvedores”. O contrato, assinado no dia 16 de novembro de 2018,teve um valor de R$171 mil.

Em janeiro de 2019, foi firmada uma parceria público-privada para o financiamento de um projeto de pesquisa sobre a certificação do tempo em que as transações ocorrem na Blockchain.

A empresa BRy Tecnologia S.A.vai patrocinar um grupo de estudiosos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para trazer respostas quanto a real tempestividade ocorrida nessa tecnologia descentralizada. O valor do investimento será de R$ 73.154,35.

(Fonte: Portal Bitcoin)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>